Buscar

Importância das Áreas de Preservação Permanente (APPs)

Por Isabel Akemi Mizutani

Antes de tudo, o que são as Áreas de Preservação Permanente?

De acordo com o Novo Código Florestal brasileiro, as Áreas de Preservação Permanente (APPs) são áreas protegidas pela lei Nº 12.651/2012, “cobertas ou não por vegetação nativa, com a função ambiental de preservar os recursos hídricos, a paisagem, a estabilidade geológica, a biodiversidade, o fluxo gênico da fauna e flora, proteger o solo e assegurar o bem-estar das populações humanas”. Dessa forma, não se pode explorar ou construir nessas áreas sem a autorização do órgão ambiental, diferente das áreas de Reserva Legal (RL), que podem ser exploradas de forma sustentável.



Foto: Jornal Comunidade

As APPs estão no entorno de corpos d’água, como rios, córregos, lagos e nascentes; em topo de morros e montanhas; em encostas acentuadas, com declividade superior a 45º; nos manguezais e restingas; etc. O tamanho da APP depende da largura do curso d’água, da altura do morro, montanha ou monte.

E qual a importância das APPs?

Sabendo o que são as APPs e os seus objetivos, a importância delas está na diminuição dos impactos causados pela ação natural e do homem sobre a natureza, de modo a preservar a biodiversidade, controlar a erosão e diminuir a poluição através da vegetação dessas áreas. E qual a relação da vegetação com isso?

A vegetação fornece estabilidade ao solo através das raízes de suas plantas, evitando a erosão em encostas acentuadas; diminui o impacto das chuvas sobre o solo e as raízes contribuem na sua porosidade, assim, a sua compactação é menor e a absorção da água para os lençóis freáticos é melhor, o que evita a poluição dos cursos d’água pelo movimento das partículas de solo e resíduos tóxicos através do escoamento superficial da água.

Como a ESALQ Júnior Florestal pode te ajudar?

Se você possui uma propriedade e não sabe se deveria ter uma Área de Preservação Permanente, nós realizamos uma proposta com uma visita técnica para verificar onde deve ter e o tamanho da APP nela de acordo com as características da sua área. Além disso, se ela se encontra desmatada, a ESALQ Júnior Florestal também ajuda na obtenção das mudas e na sua plantação, assim como na sua manutenção.

Referências bibliográficas:

REINA, Andressa. A importância das Áreas de Preservação Permanente (APP). Jornal Comunidade, 29 abr. 2016. Disponível em: <https://www.jornalcomunidade.com.br/2.1461/meio-ambiente/a-import%C3%A2ncia-das-%C3%A1reas-de-preserva%C3%A7%C3%A3o-permanente-app-1.1896878#:~:text=A%20vegeta%C3%A7%C3%A3o%20das%20APPs%20desempenha,polui%C3%A7%C3%A3o%20dos%20cursos%20d'%C3%A1gua.>. Acesso em: 26 fev. 2022.






Gostaria de realizar um projeto ou tirar dúvidas sobre recuperação de áreas degradadas com estudantes universitários especializados na área?


Entre em contato com a ESALQ Jr. Florestal!