Buscar

O que é Bonsai? Um pouco sobre a arte de miniaturização de árvores.

Muitas vezes, quando procuramos plantas e ornamentos para decoração de casas e apartamentos nos deparamos com Bonsais, ou mudas de supermercado nomeadas como Bonsai. Estas parecem ser uma boa solução visto que nem todos nós temos espaço para ter árvores no quintal.



MAS AFINAL, O QUE É BONSAI?


Derivado de uma antiga prática de horticultura chinesa, Bonsai é uma combinação de técnicas a fim de desenvolver e estilizar uma árvore, com objetivo de representar e imitar as características desta árvore na natureza, mas em miniatura. Bonsai não são plantas geneticamente modificadas para serem anãs, muito menos é uma espécie de árvore, consiste em uma arte em que qualquer espécie de árvore pode ser estilizada para criação e cultivo do bonsai.


As espécies de plantas que apresentam caule lenhoso e galhos verdadeiros podem ser cultivadas em recipientes rasos a fim de restringir o crescimento das raízes e, consequentemente, sua capacidade de absorção de nutrientes. Dessa forma, juntamente com técnicas de podas e restrição de fertilizantes, é possível conduzir e manter o crescimento do Bonsai com até, aproximadamente, 1 metro. Além disso, características como tamanho das folhas menores ou passíveis de redução, ajudam na projeção em miniatura da árvore.


Os caracteres chineses adotados na língua japonesa para para a palavra Bonsai (盆栽) significam, respectivamente: 盆 (Bon) – prato ou bacia rasa; 栽 (Sai) – árvore ou planta de cultivo que é ‘plantada’.



UM POUCO DA HISTÓRIA DO BONSAI


Embora a palavra ‘Bon-sai’ seja oriunda da língua japonesa, os primeiros registros de miniaturização de árvores datam por volta de 700 a.C. na China, onde a arte era conhecida como ‘Pun-tsai’, e consistia em técnicas para o cultivo de árvores em bandejas.


Inicialmente, a arte do ‘pun-tsai’ predominava apenas pela elite chinesa, de modo que as árvores em miniatura eram entregues como presente de luxo. Esta arte surgiu originalmente da ideia de representar paisagens naturais chinesas em miniatura (‘pun ching’ – paisagem em bandeja, também chamado de ‘penjing’), incluindo não só arvores como montanhas e rios.


No Japão esta arte foi introduzida durante o período Kamakura (1185 – 1333), período em que o país adotou grandes referências culturais da China. Com influência do Zen-budismo, os japoneses desenvolveram seu próprio estilo para cultivo do Bonsai, além da variedade de paisagens para representação em miniatura ser bem menor em comparação a China, devido as proporções territoriais do país.


Todos os japoneses, desde líderes militares até os camponeses, cultivavam alguma árvore em vasos, geralmente mais fundo do que os originais da China, sendo assim chamados de Hachi no ki, literalmente ‘Árvore na tigela’. Por volta de 1800, alguns estudiosos das artes chinesas se reuniram próximo a Osaka e, a fim de distinguir suas árvores em miniaturas do ‘Hachi no ki’ que todos cultivavam, renomearam sua arte para ‘Bonsai’ (pronúncia japonesa do termo ‘pun-tsai’).


Atualmente a arte do Bonsai está difundida em todo o mundo com inúmeros livros, centenas de sites e fóruns. Essa expansão do conhecimento e técnicas resultaram em inúmeros estilos novos e únicos que representam além da sensibilidade artística de cada um que cultiva, varias espécies nativas de diversas regiões. Assim, esta arte milenar esta sempre em constante desenvolvimento por cada um que cultiva.




Texto escrito com base nas informações disponibilizadas no site Bonsai Empire e no livro 'Miniaturização de Árvores'.

59 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

ENDEREÇO

Av. Pádua Dias, 11 - Piracicaba/SP

Departamento de Ciências Florestais - ESALQ/USP

Cx. Postal 9 - CEP 13418-900

CONTATO

E-mail:  tecnica@esalqjrflorestal.org.br
Tel:  (19) 3447-6661

© Por ESALQ Júnior Florestal

CNPJ: 12.845.843/0001-78

PÁGINAS

linkedin ejf branco-01.png
instagram ejf branco-01.png
facebook ejf branco-01.png