Buscar

Reflorestamento: o que é?


Ultimamente ouvimos falar muito de “reflorestamento”, mas o que é isso? Quais são as suas vantagens?

Reflorestamento é a reposição da vegetação em locais que foram desmatados por algum motivo, e é muito importante falar disso atualmente no Brasil, pois as taxas de desmatamento voltaram a crescer muito nos últimos anos. Ele pode se dar de duas formas: hétero ou homogeneamente.

O reflorestamento heterogêneo é aquele no qual diversas espécies são utilizadas na reposição da vegetação, o que restitui algumas funções ecológicas que existiam antes com a mata nativa. Já o homogêneo é quando apenas 1 espécie é utilizada, e normalmente vem acompanhado por fins econômicos.

Mas por que é importante preservar e reflorestar matas?

Através dessa prática, tem-se o aumento de empregos diretos e indiretos, com trabalhos que envolvem desde planejamento até acompanhamento dos plantios, além de diminuir a pressão sobre florestas nativas, pois há a criação de florestas próprias para a retirada de madeira para confecção de papéis, por exemplo.

A floresta protege também o solo, diminuindo erosões, e as bacias hidrográficas, mantendo a qualidade e quantidade de água dos cursos. Ademais, o reflorestamento permite a manutenção da biodiversidade, permitindo que diversas espécies de animais e outras plantas possam sobreviver em harmonia.

Finalmente, o reflorestamento é de suma importância para haver retenção de dióxido de carbono (o CO2 que ouvimos falar) e para a produção de oxigênio (O2 que respiramos).

E então, ficou convencido(a) da importância de nossas florestas? Não deixe de entrar em contato caso surja alguma dúvida!




0 visualização

© Por ESALQ Júnior Florestal

 Criado com Wix.com

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon