Buscar

Você sabe o que é SIG e qual a importância dele para sua propriedade?

Por Anna Beatriz Queiroz Di Souza


A sigla SIG faz referência ao termo Sistema de Informação Geográfica e engloba técnicas e softwares que permitem a confecção de mapas elaborados sobre os corpos hídricos, a declividade, a vegetação do terreno e entre outras características. Para isso, são utilizadas imagens e dados de campo com base no georreferenciamento.


A elaboração de um projeto de SIG permite que você responda à dúvidas como:


  • Quais são os limites da minha propriedade, seu tamanho e a disposição das áreas verdes e de cultivo?

  • Minha área possui áreas de preservação permanente (APPs) ou reservas legais (RLs) que devem ser preservadas de acordo com a legislação?

  • Qual a declividade, hidrologia e vegetação nativa da área em que minha propriedade se insere?


Os Sistemas de Informações Geográficas são resultados da combinação entre três tecnologias distintas: o GPS, o geoprocessamento e o sensoriamento remoto. Com isso, são utilizados satélites e imagens da superfície terrestre, permitindo a obtenção de dados importantes e que podem ser usados para analisar a extensão das áreas de cobertura vegetal, de fragmentos nativos, de talhões de reflorestamento, reservas legais, APPs, entre muitos outros.


Leia também: Teste seus conhecimentos: Você realmente conhece o potencial produtivo de sua propriedade?


Esses dados integrados permitem a apresentação de muitas informações em apenas um só mapa, relacionando aspectos de relevo, hidrologia e vegetação de acordo com sua relevância, localização espacial ou variação temporal. Isso porque os dados utilizados no georreferenciamento são alinhados com as coordenadas geográficas do terreno e, assim, é possível analisar os fenômenos climáticos e a disposição dos recursos naturais no local de estudo.


Como resultado, é possível visualizar essas e muitas outras informações em mapas temáticos, incluindo representações tridimensionais e de fácil interpretação, como a da figura abaixo!


Figura 1 - gráfico de relevo com visualização tridimensional em projeto SIG. Imagem: ArcGIS for Desktop.


Quais as vantagens de utilizar o SIG em sua propriedade?


  • Melhorar a aplicação de insumos nas produções agrícolas com base na vegetação e cultivos da lavoura

  • Tomar decisões sobre a estrutura e recursos da fazenda

  • Analisar dados sobre a fertilidade do solo e mapas de produtividade

  • Obter o modelo digital do terreno e poder elaborar mapas de diversos índices de vegetação

  • Desenhar talhões de cultivo proporcionais aos interesses do produtor

  • Otimizar suas porções de lavoura e monitorá-las individualmente ao longo do tempo


Se você procura uma maneira eficiente de realizar análises para otimizar seus negócios, ter maior lucratividade e alinhar sua produção com as demandas de mercado, não deixe de contatar a ESALQ Júnior Florestal e conhecer nossos projetos!


Conclusão: Com o mecanismo SIG e uma equipe preparada, você tem acesso a mapas da sua propriedade com agilidade e eficiência, comparando dados espaciais e temporais e realizando as melhores escolhas para seu terreno!


Clique aqui para contatar nosso Diretor Comercial e tirar todas as suas dúvidas sobre nossos serviços e ofertas!


Referências:


CARVALHO, F. A importância do SIG para o inventário florestal. Mata Nativa, 2018.


MENDES, L. G. O que é SIG na agricultura e como essa tecnologia pode ser útil na sua fazenda. Aegro, 2020.


PENA, R. F. A. SIG. Brasil Escola, 2022.




Gostaria de realizar um projeto ou tirar dúvidas sobre área florestal com estudantes universitários especializados na área?

Entre em contato com a ESALQ Jr. Florestal!